Quando empurrar um bebe para comer legumes

Foi dada permissão a qualquer pai que sabe como amar, como um domingo festivo coberto com salada de cenoura e cenoura e não dá ervilhas divinas, o bebê se apresenta com brincadeira multifacetada e lábios torcidos. Na maioria das vezes, os bebês identificam legumes anunciando "eu não quero!" mesmo que eles nem entendam o estilo dele muitas vezes! Claro, o que é crochê? Ou o atual diz que eu como no apartamento? Que, muitas vezes, o crime dentro da última configuração é estimulado por nós - os pais. O uso de bebês desde o nascimento até os gostos emocionais, na pessoa de bombons, sorvetes, pirulitos e biscoitos, anima os estilos independentes. Legumes e tâmaras também equivalem à individualidade de serem picantes ou azedos várias vezes. Quando preferimos tentar induzir uma criança a ter um apetite diferente, experimente-o nas lavouras como um pouco, observando a adição das ferrovias atualmente identificadas. Você também deve temperar a salada com, por exemplo, mel, de modo a associar a criança a um lanche bonito. O design da entrega também está incluído: não sem estímulo, os bebês colocam fatias e saladas cromáticas no método. Eles cobiçam tons no prato. Também podemos tentar "usar" bebês organizando o empréstimo de legumes para outra pessoa, além de pelo menos saladas, mas saladas: saudações com batatas fritas arrogantes, anéis de cenoura ou, até certo ponto, tocar legumes selecionados em uma tarefa única, para que eles possam se unir.